As prefeituras de Coronel Fabriciano, Ipatinga, Timóteo e Santana do Paraíso, anunciaram que vão paralisar a prestação de serviços a sociedade como forma de protestar a contra os atrasos no repasse de verbas obrigatórias por parte Governo do Estado, que de acordo com as prefeituras estão colocando em risco todos os trabalhos da saúde, Educação e Assistência Social.

Nessa sexta-feira (03), Em coronel Fabriciano, a maioria dos atendimentos vão ser paralisados, apenas os serviços essenciais e os considerados “exceções” previstas nas áreas de Obras, Meio Ambiente, Saúde, Assistência Social e Recursos Humanos, atenderão ao público em sistema de plantão para casos de urgência e emergência, a divida do estado com a prefeitura gira em torno de 30 milhões de reais. Também haverá interrupção dos serviços nos dias 10 e 17 de agosto de 2018.

A prefeitura de Timóteo contabiliza uma divida do estado com o município na ordem de 18 milhões de reais.

 

 

próximo artigoIgor Fraga sobe ao pódio da USF2000
Artigo seguinteCorpo Clínico do HMC retoma temporariamente atendimentos pelo SUS
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários