Cemig inicia instalação de usina fotovoltaica no Hospital José Maria Morais, em Coronel Fabriciano

O Hospital Dr.José Maria Morais, de Coronel Fabriciano, vai receber um sistema de geração solar fotovoltaica, por meio do projeto Cemig nos Hospitais. As obras foram iniciadas em dezembro e devem ser concluídas nos próximos meses. Esse projeto é uma iniciativa da Cemig, por meio do seu Programa de Eficiência Energética, e tem o objetivo de levar novas tecnologias sustentáveis para os hospitais que, com as ações de eficiência juntamente com a geração de energia, terão seus custos reduzidos.

A geração solar fotovoltaica é uma tecnologia sustentável, que utiliza a energia solar para conversão em energia elétrica. A partir de um recurso energético natural e abundante, ela contribui para a redução dos impactos ambientais, pois sua operação não emite poluentes na atmosfera, sendo considerada uma fonte de energia limpa e renovável.

“Essa iniciativa também contribui para o desenvolvimento econômico em toda a sociedade, uma vez que fomenta o uso de tecnologias mais eficientes, a geração de emprego e renda em toda a cadeia produtiva e oferece maior dinamismo para o Sistema Interligado Nacional, que opera todo o sistema elétrico, reduzindo a dependência da geração hídrica, que está muito sujeita ao regime de chuvas”, informa Neander Geraldo Resende Lima, coordenador do projeto Cemig nos Hospitais.

Usina

Nesta ação, o investimento previsto para o Hospital é de aproximadamente R$ 285 mil. Serão instalados cerca de 156 módulos fotovoltaicos, distribuídos em uma área de aproximadamente 345 m². A usina terá a potência instalada de 75 kWp, com expectativa de geração de 128 MWh/ano de energia. Essa energia é suficiente para atender a 89 residências mineiras.

O Hospital Dr. José Maria Morais recebeu também outras ações de eficiência energética, como a substituição de autoclave e do sistema iluminação.

Programa

Desde o início das ações, a Cemig já investiu R$ 95,7 milhões em 334 hospitais de 205 municípios mineiros. Até 2024, a Cemig pretende investir mais de R$ 65 milhões em novos projetos de eficiência energética para os hospitais mineiros.

O Governo de Minas e a Cemig realizam o Programa de Eficiência Energética, que é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel e responsável por aplicar, conforme legislação, o percentual estabelecido da receita operacional da companhia em ações que promovem o uso racional da energia elétrica e a redução do desperdício desse recurso com foco na sustentabilidade.

próximo artigoBoletim Epidemiológico de Santana do Paraíso 05/01
Artigo seguinte2022 começa com programação para todas as idades no Instituto Usiminas