Câmara vota homenagem ao ex-presidente da Usiminas Rinaldo Campos Soares

Ipatinga – A Câmara Municipal de Ipatinga vota nesta quinta-feira, 20, o Projeto de Lei 69/2020 de autoria do vereador Adiel Oliveira, denominando a obra da rotatória no bairro Cariru, entre as avenidas Itália e das Nações, para Engenheiro Rinaldo Campos Soares. A votação está marcada para as 14h durante a reunião ordinária. Rinaldo Campos Soares faleceu em 2011 vítima de um câncer no pâncreas.

De acordo com o vereador, o objetivo é manter viva a memória de um dos executivos que mais cultivaram a relação entre comunidade e empresa. “Rinaldo sempre foi uma referência de profissional da área privada que sempre olhava para as relações com a comunidade ao redor da empresa. Podemos observar o dedo dele em diversas obras e ações em Ipatinga. Além de outras homenagens já prestadas ao engenheiro, a rotatória tem uma localização estratégica a frente da portaria 1 onde tem um grande fluxo de trabalhadores. A obra acabou com o problema do trânsito local principalmente nos horários de pico”, disse o vereador. Ainda segundo Adiel, a rotatória poderá se transformar num futuro próximo em um memorial por meio de uma parceria privada, recebendo uma obra artística. “O Cariru é um bairro construído pela Usiminas e se identifica diretamente com a memória de Rinaldo Campos”, pontuou Adiel.

Biografia

Rinaldo Campos Soares nasceu em 17 de junho de 1938 em Divinópolis, cidade do Centro-Oeste mineiro e hoje polo econômico da região. NEra o mais velho dos cinco filhos do casal – quatro homens e uma mulher, (Rinaldo, Marco Antônio, Marco Aurélio, Vera e Célio). Casou-se com Maria da Conceição Dias Soares no dia 28 de julho de 1965 e tiveram dois filhos: Raquel e Henrique Soares.

Em fevereiro de 1971, foi admitido na Usiminas como Assessor do Departamento de Engenharia Industrial, tendo ocupado as chefias dos departamentos de Engenharia Industrial, Laminação a Quente, Laminação a Frio, Metalurgia, Inspeção, Produção e, em 1983, a Chefia Geral da Usina Intendente Câmara. Em 1984, foi eleito Diretor de Operações, permanecendo nessa função até sua eleição para Diretor-Presidente da Usiminas, em abril de 1990, cargo que ocupou até abril de 2008.

O engenheiro Rinaldo Campos Soares, estava em tratamento de um câncer e veio a falecer no Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, por volta das 8h, no dia 21 de abril de 2011.

próximo artigoViolência conta a mulher cai 11,5% em Ipatinga
Artigo seguintePraça do bairro Jardim Panorama é revitalizada