Animais em vias públicas: Prefeitura de Ipatinga alerta para descaso de proprietários

A Prefeitura de Ipatinga, através da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), alerta quanto ao descaso de muitos proprietários de animais, que tem resultado em grande número de apreensões em função de riscos à segurança e violações ao Código Municipal de Posturas.

Em rondas de prevenção e fiscalização, um caminhão gaiola, também conhecido como boiadeiro, cumpre jornadas diárias de cerca de 12 horas pela cidade, e os animais em situação irregular são apreendidos e transportados ao Curral Municipal, onde recebem cuidados específicos. Na sequência, é realizado um processo de investigação para que o dono seja identificado e localizado. Além da apreensão dos animais, os infratores estão sujeitos a multas.

Por circularem perigosamente ou serem encontrados pastando em locais não permitidos, 66 animais foram recolhidos somente no mês de agosto, sendo 60 equinos (cavalos, éguas, potros, burros e mulas) e seis bovinos (bois, vacas e bezerros), de acordo com relatório apresentado pela Infrater Engenharia Ltda, responsável pela manutenção de áreas verdes e conservação de parques e jardins do município.

“Pedimos encarecidamente aos donos de animais que não os soltem em vias públicas, pois esta atitude negligente representa potencial perigo de acidentes. O número de apreensões tem crescido exponencialmente  na cidade. Um exemplo de como isso pode ser prejudicial ocorreu na semana que passou, com a queda e morte de um cavalo no bairro Vila Celeste, em um lugar inacessível para as máquinas. Neste caso, tivemos que usar uma solução alternativa, jogando cerca de 60 quilos de cal para que o mau-cheiro, que já estava incomodando muito os moradores do entorno, fosse amenizado”, informou a secretária adjunta da Sesuma, Carla Andrade.

O bairro Bom Jardim foi o recordista de apreensões no período, com 11, seguido pelo bairro Jardim Panorama, com sete.

próximo artigoUsiminas participa da 2ª edição do INDFEST – Festival de Empreendedorismo, Startup e Tecnologia Industrial
Artigo seguinteContribuintes inscritos na Dívida Ativa do município tiveram até 30 de setembro para garantir desconto de 99% nos juros