Alunos apoiados pela Prefeitura de Ipatinga recebem certificados de Curso de Aprendizagem da EPTOM

Qualificação visa ampliar as oportunidades no mercado de trabalho para jovens a partir de 16 anos

Alunos apoiados pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), da Prefeitura de Ipatinga, que concluíram o Curso de Aprendizagem da Escola Profissionalizante Tenente Oswaldo Machado (EPTOM), receberam seus certificados nesta quarta-feira (31). Eles agora estão qualificados para aproveitamento pelas 35 empresas que são parceiras, na cidade, do programa Jovem Aprendiz.

Com carga de 400 horas/aula, o curso é oferecido a alunos na faixa etária de 16 a 24 anos. A EPTOM é uma instituição qualificadora, seguindo grade de ensino do Ministério do Trabalho e Emprego. Os inscritos passam por processo seletivo aberto normalmente no início do ano e, após receberem a preparação, passam a fazer parte do banco de reserva da instituição por 12 meses, podendo ser encaminhados às empresas cadastradas.   

Como explica a coordenadora da escola, Cleoneide Oliveira, os aprendizes são encaminhados ao mercado de trabalho através das empresas parceiras, que devem fazer a contratação conforme normas da CLT. Eles são amparados pela Lei da Aprendizagem (Lei n° 10.097/2000), que regulamenta a formação profissional de jovens no país. É importante frisar que existe uma demanda reprimida de mão de obra muito grande por parte das empresas da região. Sendo assim, a adesão ao programa é importante para garantir ao empregador, no futuro, um corpo técnico de profissionais de bom nível, capacitados dentro da organização.

“Destacamos atualmente a importância do programa, que foi estruturado em conformidade com a lei, e que determina que o jovem aprendiz deve receber, ao mesmo tempo, formação na profissão para a qual está se capacitando, e inserção no mercado com o primeiro emprego”, destaca a coordenadora.

Atualmente, a EPTOM conta com 210 aprendizes, sendo que 20 dos adolescentes foram encaminhados pela secretaria de Assistência Social e estão atualmente trabalhando em setores diversos da prefeitura, com carga horária reduzida conforme estabelecido em lei e remunerados pelo executivo.

Ressaltando a importância da inclusão desses jovens no mercado de trabalho, a secretária de Assistência Social do município, Jany Mara Bartolomeu, frisa ainda que todos os aprendizes encaminhados à EPTOM atualmente estão inseridos em escola regular e se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica. “A gestão municipal sustenta assim o seu compromisso com a promoção humana, por meio de atividades socioeducativas. A qualificação visa ampliar as oportunidades ao público jovem”, destaca.

EPTOM

O jovem interessado em fazer parte do programa EPTOM deve entrar em contato pelo telefone 3824-0987, a Escola Profissionalizante Tenente Oswaldo Machado – EPTOM funciona na rua Edgard Boy Rossi, 170, no Centro de Ipatinga. Além de empresas, a EPTOM mantém parcerias com os Conselhos Municipais de Assistência Social, Direitos da Criança e do Adolescente e de Combate ao Álcool e Drogas.

próximo artigoProjeto de nova ferrovia no Vale do Aço é apresentado aos municípios
Artigo seguinteProteção oferecida pela quadrivalente de HPV evita câncer em homens e mulheres