Pesquisa BTG: 90% dos que votam em Bolsonaro tem certeza do voto; Lula, 86%

Nova pesquisa BTG/Pactual, divulgada nesta segunda (19), aponta que 90% dos entrevistados que pretendem votar no presidente Jair Bolsonaro (PL) já decidiram sobre o voto e não pretendem mudar mais. Entre eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), 86% dos entrevistados têm certeza e não pretendem mudar de voto.

De acordo com o levantamento, 10% dos eleitores do presidente podem mudar de intenção de voto até o dia do pleito. Já o número de eleitores do petista que podem mudar de voto é 11%.

1% dos entrevistados estão indecisos sobre Bolsonaro e 2% indecisos sobre Lula.

50% dos eleitores da senadora Simone Tebet (MDB) tem certeza da intenções de voto, outros 50% podem mudar.

Ciro Gomes (PDT) é o que tem o cenário mais negativo entre os candidatos. Enquanto 56% dos entrevistados disseram que ainda podem mudar de voto, 1% está indeciso. 43% dos eleitores do pedista disseram que não pretendem mais mudar de voto.

Entre os outros candidatos, 48% dos entrevistados estão decididos; 47% podem mudar de voto; e 5% estão indecisos.

65% dos eleitores que pretendem anular o voto disseram que podem mudar de ideia. 28% dos entrevistados já decidiram sobre a anulação do voto e 8% estão indecisos.

Pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno

Ainda de acordo com o levantamento, Lula tem 44% das intenções de voto, contra 35% do presidente Jair Bolsonaro. O terceiro lugar é de Ciro Gomes (PDT), com 7%. Seguido de Simone Tebet (MDB), com 5%. Soraya Thronicke (União) teve 1% das intenções de voto na pesquisa. Os outros candidatos não pontuaram. 

A pesquisa foi realizada entre 16 e 18 de setembro com 2 mil entrevistados com 16 anos ou mais. A margem de erro estimada é de dois pontos percentuais e o nível de confiabilidade é de 95%. Está registrado no TSE com o número BR-07560/2022. 

próximo artigoUnileste abre processo seletivo para contratação de docente para o curso de Medicina Veterinária 
Artigo seguinteUsiminas seleciona projetos para 2023