Expectativa é que Bolsonaro visite Amapá no sábado, diz Senado

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reuniu na tarde de ontem quinta-feira (18) com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para tratar sobre o apagão que atinge o Estado do Amapá há mais de 15 dias.

Alcolumbre convidou Bolsonaro para ver de perto a situação no Amapá. “A data não está confirmada, mas a expectativa é de que Bolsonaro desembarque em Macapá, capital do Estado, ainda neste sábado (21)”, informou nota da assessoria de imprensa do Senado.

A reunião ocorreu no Palácio do Planalto e não consta na agenda oficial de Bolsonaro. No encontro, o senador relatou as dificuldades sofridas pelos amapaenses e tratou de medidas do Executivo para o fim do racionamento de energia e o pagamento de auxílio social às famílias atingidas.

O auxílio social também foi tema de reunião entre Alcolumbre e Guedes, que sinalizou, segundo o Senado, que há ferramentas disponíveis para atender a demanda. A reunião ocorreu às 14h45, não constava na agenda oficial e foi informada pela assessoria de imprensa apenas depois do fim do encontro.

O Amapá sofreu o primeiro apagão no dia 3 de novembro. Antes mesmo de o problema ser solucionado, um segundo apagão ocorreu no último dia 17. Moradores relatam a situação como uma zona de guerra. A população convive com o racionamento de energia, enquanto o restabelecimento ainda não chega a 100%. O TCU (Tribunal de Contas da União) realizará uma auditoria para investigar supostas irregularidades e omissões.