“Eleições limpas”, garante Alexandre de Moraes sobre pleito de outubro

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), afirmou que o Brasil terá eleições “limpas e seguras” e com “combate à desinformação” em outubro. O magistrado vai assumir a Corte Eleitoral em agosto — auge da campanha política.

“Justiça Eleitoral, com o apoio do Ministério Público Eleitoral, vai garantir eleições limpas, seguras, com combate à desinformação. Agora, nós sabemos como as milícias digitais atuam, nós sabemos como combatê-las, e o combate vai ser firme”, disse.

A fala ocorreu durante a aula de encerramento do curso de Direito Eleitoral e Processual Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). Moraes também criticou a existência das milícias digitais no país que atuam na disseminação de notícias falsas e ataques às instituições.

“Quem se utilizar de milícias digitais, estará usando de abuso de poder político e econômico, O TSE fez questão de deixar claro isso em duas decisões, e o Supremo Tribunal Federal reafirmou isso pela Segunda Turma, para que nós possamos garantir que o eleitor tenha a liberdade no momento da escolha de seu voto”, disse o ministro.

A declaração de Moraes ocorre um dia após o assassinato do guarda municipal Marcelo Aloizio Arruda, tesoureiro da legenda. O petista foi morto a tiros pelo policial penal Jorge Guaranho enquanto comemorava o seu aniversário de 50 anos com uma festa temática do PT. O atirador invadiu a festa gritando “aqui é Bolsonaro” e “mito”.

Sobre o caso, ele já tinha se manifestado nas redes sociais. “A intolerância, a violência e o ódio são inimigos da Democracia e do desenvolvimento do Brasil. O respeito à livre escolha de cada um dos mais de 150 milhões de eleitores é sagrado e deve ser defendido por todas as autoridades no âmbito dos 3 Poderes”, escreveu o magistrado via Twitter.

próximo artigoAssassinato de dirigente petista alimenta guerra nas redes sociais
Artigo seguinteCâmara de Vereadores de Coronel Fabriciano adota medidas sanitárias contra Covid 19