Câmara pode votar nesta semana restrição a pesquisas eleitorais

A Câmara dos Deputados pode votar ainda no início desta semana alguma das propostas que tentam restringir a realização de pesquisas nos dias que antecedem as disputas eleitorais. Várioss projetos foram apresentados, e o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), quer fazer com que pelo menos uma delas avance antes do feriado de 12 de outubro, na quarta-feira. Para isso, é necessário, primeiro, que a urgência sobre o assunto seja aprovada ainda nesta segunda-feira (10).

De acordo com Arthur Lira, a legislação tem que ficar mais rígida para evitar divergências envolvendo percentuais apresentados pelas pesquisas e o resultado final das eleições. Institutos apontam que mudanças de última hora no comportamento do eleitorado e a abstenção podem interferir no resultado. Aliados do governo, porém, apontam que empresas que não captaram a intenção de voto de Bolsonaro teriam a intenção deliberada de prejudicar o presidente. Institutos mais próximos do bolsonarismo, porém, chegaram a apontar que ele venceria ainda no primeiro turno.

“Eu creio que o mais efetivo será a votação de um projeto de lei e, se essas alterações acontecerem, eu penso que as pessoas vão olhar com um pouco mais de seriedade, porque hoje a pesquisa perdeu credibilidade. Não se pode usar a mesma metodologia e ter resultados tão díspares”, afirmou Arthur Lira, de acordo com a Agência Câmara.

próximo artigoCampanha de Lula tem verba de R$ 125 milhões e, a de Bolsonaro, R$ 43,3 milhões
Artigo seguinteSaiba como se posicionam os partidos entre Lula e Bolsonaro no segundo turno