Bolsonaro critica gravação de telefonema entre governador do RJ e vice Mourão

Wilson Witzel divulgou um vídeo em que aparece ligando para Hamilton Mourão, pedindo envio de água potável às áreas atingidas pelas chuvas no Norte e Noroeste do estado (Foto: Arquivo/ EBC)

O presidente Jair Bolsonaro criticou o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, pela gravação de um vídeo em que o chefe do Executivo fluminense liga para o vice-presidente Hamilton Mourão, e pede o envio de água potável às áreas atingidas pelas chuvas no Norte e Noroeste do estado. A conversa foi filmada e publicada na conta do governador no Twitter.

A crítica foi feita nesta segunda-feira (27), na Índia, onde o presidente do Brasil participou de um encontro com empresários. Bolsonaro afirma que não considera a gravação do telefonema usual e que não gostaria que fizessem isso com ele, e concluiu dizendo que “o que se trata por telefone tem que ser reservado”.

Na legenda do vídeo publicado na conta do governador no Twitter, Witzel declara que solicitou “ao presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, e ao Ministério da Defesa apoio para o envio de água potável às pessoas atingidas pelas chuvas no Norte/Noroeste do RJ. 

Na gravação, Mourão disse que vai falar com o ministro Fernando Azevedo e Silva, da Defesa, para tratar do assunto solicitado pelo governador.