Nacional: Suspeito de matar ganhador da Mega-Sena é morto a tiros em Campos Sales

Antônio Pedro dos Santos, de 30 anos, foi encontrado morto com marcas de tiro em Campos Sales, no Ceará, nesta segunda-feira (8). Ele é suspeito de matar o empresário Miguel Ferreira de Oliveira, de 49 anos, que ganhou R$ 39 milhões em sorteio da Mega-Sena em 2011.

De acordo com a polícia, em abril de 2019, Antônio foi preso após mandado de prisão temporária por suspeita de participação na morte do empresário. O suspeito foi solto cerca de dois meses depois e estava respondendo ao inquérito em liberdade.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Antônio foi encontrado junto de outra vítima, identificada como Israel Antonio Paz de Sousa, de 20 anos, na zona rural da cidade.

A Delegacia Municipal de Campos Sales instaurou um inquérito para apurar o duplo homicídio. Equipes da Força Tática da Polícia Militar fazem buscas para capturar os suspeitos do crime. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada.

Relembre o caso do ‘milionário da Mega-Sena’

Miguel Ferreira de Oliveira foi morto na madrugada do dia 4 de fevereiro de 2018. Ele estava no bar Ponto da Pizza, no bairro Alto Alegre, em Campos Sales. Oliveira, que era natural de São Paulo, faturou, em 2011, o prêmio de R$ 39 milhões na Mega-Sena. Após ganhar o prêmio, ele se mudou para Campos Sales, onde comprou imóveis e vivia dos aluguéis.

Ele participava de uma seresta quando foi atingido por três tiros disparados por um homem. Segundo testemunhas ouvidas pela polícia, o autor dos disparos chegou e saiu caminhando. Para fugir, entrou em um terreno baldio, próximo a um posto de gasolina. A vítima morreu na mesa do bar.

próximo artigoGrécia retoma produção de cloroquina, apesar da polêmica mundial
Artigo seguinteMinistério da Cidadania publica mudanças em vários cargos de confiança da pasta