Presidente contou com o apoio do senador Jorge Kajuru, do PSB, para se reaproximar de segmento que apoiou Bolsonaro nas últimas eleições

O senador Jorge Kajuru, vice-líder do governo no Senado e um dos quadros mais populares do PSB de Goiás, partido do vice-presidente Geraldo Alckmin, articula uma reaproximação do presidente Lula com cantores sertanejos, segmento que apoiou em massa a candidatura de Jair Bolsonaro nas últimas eleições.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, de “O Globo”, o cantor Leonardo e as duplas Bruno & Marrone e Chitãozinho & Xororó, além de Eduardo Costa, já aceitaram o convite para um almoço com Lula. Gusttavo Lima ainda estaria resistente à ideia. A assessoria de imprensa de Bruno e Marrone informa que os cantores desconhecem o convite. A assessoria de Eduardo Costa também diz que o artista desconhece e adianta que ele não aceitaria.

A iniciativa marca uma reaproximação de Lula com os sertanejos, que foram muito presentes e próximos do presidente em seus dois primeiros mandatos, com direito a diversos encontros e shows na Granja do Torto. Sérgio Reis, amigo pessoal de Lula que aderiu ao bolsonarismo, era figurinha carimbada.

Aliás, a despeito de sua associação a Bolsonaro, Sérgio Reis continua dizendo que considera Lula um amigo, e que o presidente sempre foi fã de seu trabalho

próximo artigoPromessas para a mobilidade são comuns em anos eleitorais
Artigo seguinteMetade das malformações vasculares é diagnosticada de forma errada
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários