Um homem de 55 anos foi preso em flagrante após ameaçar de morte uma mulher, de 51, em Paracatu, Noroeste do estado, na tarde dessa quarta-feira (17 de janeiro). Segundo a Polícia Civil de Minas (PCMG), o crime foi impedido após a vítima denunciar o caso por meio do serviço “Chame a Frida”.

De acordo com a PCMG, a vítima acionou o serviço virtual e relatou que o suspeito havia enviado mensagens ameaçadoras a ela, nas quais afirmava que a estava mantendo sob vigilância e já estava indo ao encontro dela para “decepar sua cabeça”.

Os policiais civis se deslocaram para o endereço e prenderam o homem, cerca de 30 minutos após a denúncia. Ele foi encaminhado para a delegacia.

A PCMG reforça que todo caso de violência doméstica e familiar contra a mulher seja denunciado. O registro pode ser feito diretamente em unidade policial, via disques 180 ou 181 e também pela delegacia virtual nos casos de ameaça, vias de fato/lesão corporal e descumprimento de medida protetiva.

Chame a Frida

O acionamento da atendente virtual Frida é feito via aplicativo WhatsApp. O atendimento é realizado da seguinte forma: a vítima inicia uma conversa e, de forma automática, por meio de mensagens pré-programadas, são realizados o acolhimento e o esclarecimento das principais dúvidas.

A atendente virtual ainda pode fazer uma avaliação preliminar do risco, direcionar ou acionar a polícia, além de apresentar serviços disponíveis. O objetivo do projeto é facilitar a comunicação entre mulheres em situação de violência e a Polícia Civil. Atualmente, cerca de 50 municípios contam com o serviço.

próximo artigoBuscas por Edson Davi, garoto que desapareceu na praia, completam duas semanas
Artigo seguinteTAC firmado com a CENIBRA garante móveis e equipamentos para 21 UBS’s de Ipatinga