Uma aula online do curso de Direito, em Sorocaba (SP), foi invadida por um grupo de pessoas que fez apologia ao nazismo e publicou mensagens ofensivas contra mulheres, advogados e negros. O caso ocorreu na quarta-feira (19), cerca de 30 minutos antes do horário de encerramento da aula dos alunos do segundo semestre. As informações são do G1.

De acordo com a estudante Nicole Caroline Fogaça Martins, diversas pessoas começaram a acessar à plataforma de repente. “São 54 alunos e já tinha uns 70. Dentro dessa plataforma o quadro que a professora vai mostrando tem como a gente escrever e, então, começaram a escrever xingamentos. Então, eles colocaram um vídeo em apologia ao nazismo, escrevendo cada vez mais coisas no quadro. Houve injúria racial e chamaram as meninas de vadia e vagabunda. Começaram a compartilhar áudio”, contou a estudante ao G1.

A professora entrou em contato com a assistência da faculdade e pediu para todos saírem da aula. “A gente ficou em choque. Foi muito do nada as ofensas. Foi um transtorno gigantesco e a professora ficou desesperada”, ressaltou Nicole ao G1.

Em nota, a faculdade Esamc afirmou que foram iniciadas investigações a fim de apurar o fato. Afirmou também que medidas legais cabíveis estão sendo tomadas e que a plataforma utilizada é segura.

“Informamos que não houve nenhuma invasão ou ataque de hackers ao sistema da escola, ou ao sistema de E-learning, mas a entrada de pessoas alheias à escola em uma das aulas, se utilizando de link de acesso à aula que foi inadvertidamente compartilhado por alguém, e que divulgaram mensagens na aula que estava sendo exibida”, diz a nota da faculdade.

próximo artigoLéo lamenta gol sofrido no início e cita falta de agressividade do Cruzeiro na derrota para a Chape
Artigo seguinte‘Você acredita que a menina é inocente?’, diz padre sobre vítima, de 10 anos, de estupro