Vítima foi socorrida inconsciente, com traumatismo craniano e corria risco de morte

Uma ocorrência envolvendo família terminou com uma mulher e um homem presos nesse domingo (5 de maio) em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Um filho da mulher, que não teve a idade divulgada, foi atropelado pelo homem durante a confusão e corria risco de morte.

A equipe policial encontrou a vítima caída na calçada com sangramento pela boca e ouvidos. Ele tinha marcas de pneu de carro pelo corpo. A mãe do jovem relatou que namorava o suspeito há seis meses e decidiu terminar o relacionamento durante a madrugada. Horas depois, o suspeito foi até a casa da mulher na tentativa de reatar o relacionamento. Eles discutiram e o homem apertou o braço da ex e a empurrou. Nesse momento, um dos filhos da mulher saiu para ver o que estava acontecendo e o homem entrou no carro, engatou marcha-ré, e atropelou o jovem. Revoltada, a mulher jogou uma pedra no para-brisa traseira do carro.

O homem foi abordado na casa da mãe. Enquanto a polícia realizava o procedimento padrão, a mulher entrou na casa da ex-sogra, pegou uma faca e tentou esfaquear o companheiro. Um militar segurou a mão da mulher e a facada atingiu superficialmente o peito do homem. Ela recebeu voz de prisão, assim como o homem. O suspeito relatou que brigou com a namorada e ao ver o filho dela, ficou com medo. Ele alega que primeiro ocorreu o dano ao veículo causado pela mulher e, com ódio, ele atropelou o filho.

A vítima apresentava traumatismo craniano e de tórax, sangramento nos ouvidos e boca, e foi socorrida inconsciente. O jovem entrou em estado grave no hospital com risco de morte. O ex-casal foi encaminhado para a delegacia.

próximo artigoSistema elétrico de Fabriciano será reforçado com construção de nova subestação da CEMIG
Artigo seguinteSobe para 83 número de mortes no Rio Grande do Sul pelas fortes chuvas

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here