Até o momento, 152 milhões de brasileiros têm conta na plataforma do governo federal

O reconhecimento facial do aplicativo Gov.br foi simplificado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos. Atualização permite o uso da câmera traseira dos smartphones para o reconhecimento de biometria dos cidadãos que precisam elevar o nível de segurança na plataforma para prata ou ouro.

A medida foi implementada para facilitar acesso de cidadãos com celulares antigos, assim como pessoas com deficiência, neurodivergentes, com doenças neurodegenerativas e idosos. Até o momento, 152 milhões de brasileiros têm conta na plataforma do governo federal, que conta com 4.200 serviços digitais disponíveis.

O reconhecimento facial é necessário para avançar para nível prata ou ouro. Quem tem nível de segurança acima do bronze acessa uma lista de serviços que podem facilitar o dia a dia, como os sistemas para declarar o Imposto de Renda 2024, dados relativos ao PIS/Pasep, ao INSS, à Receita Federal e ao SVR (Sistema de Valores a Receber) do Banco Central, por exemplo.

Rogério Mascarenhas, secretário de Governo Digital, afirma que a simplificação permite que um número maior de usuários tenham acesso pleno aos serviços do aplicativo. “O objetivo é facilitar a vida dos cidadãos”, diz ele.

SAIBA COMO CRIAR A CONTA NO PORTAL GOV.BR

A conta pode ser criada por computador, tablet ou celular. No computador, basta acessar o site do sistema (gov.br/governodigital) e seguir o passo a passo. São solicitadas informações como número do CPF e data de nascimento, entre outras.

No celular ou tablet, o cidadão deve baixar o aplicativo nas lojas Play Store (para Android) ou App Store (iOS), sendo que o desenvolvedor é Serviços e Informações do Brasil, e criar a sua conta. Neste caso, é mais fácil conseguir nível prata ou ouro porque, como há acesso à câmera, o contribuinte consegue provar com mais facilidade sua identidade.

Quem já tem conta precisa checar o perfil atual para saber se é necessário fazer a elevação para nível prata ou ouro. Tanto a inscrição quanto a mudança de selo podem ser feitas pelo computador, mas a recomendação é fazer pelo app.

QUAIS SÃO OS NÍVEIS DO GOV.BR

Bronze

Acesso a serviços digitais de forma limitada, que não tragam risco de exposição dos dados
Acesso parcial às funcionalidades do aplicativo gov.br
Conta com nível básico de segurança, com acesso a poucos serviços digitais
Prata

Login único para um maior número de serviços e mais proteção pessoal
Acesso completo a todas as funcionalidades do aplicativo gov.br
Conta com nível alto de segurança, com acesso a serviços que exigem reconhecimento facial ou acesso a bancos credenciados
Ouro

Login único para qualquer serviço digital do governo, sem restrição de acesso
Acesso completo a todas as funcionalidades do aplicativo gov.br
Conta com nível máximo de segurança, principalmente para serviços com dados mais sensíveis e de maior risco
COMO CONSEGUIR NÍVEL PRATA NO GOV.BR PELO APLICATIVO

Acesse o aplicativo gov.br
Clique em “Entrar com gov.br”
Na tela seguinte, informe o CPF e vá em “Continuar”
Em seguida, digite a senha e clique em “Entrar”
Na tela em que se lê “Autorização de uso de dados pessoais”, vá em “Autorizar”
No quadro azul, acima, clique em “Aumentar nível da conta”
Para tornar sua conta prata, escolha uma das opções que o aplicativo oferece; se tiver cadastro no Denatran, use a biometria facial; se for servidor, use dados do Sigepe
A validação também pode ser feita por meio do cadastro no seu banco na internet
Vá onde se lê “Cadastro via internet banking” e escolha o seu banco
Os próximos passos dependerão de cada instituição financeira; é possível conseguir a validação pelo Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco de Brasília, Caixa Econômica Federal, Sicoob, Santander, Agibank, Itaú, Sicredi, Mercantil do Brasil, PicPay/Original ou Nubank

COMO CONSEGUIR NÍVEL OURO NO GOV.BR PELO APLICATIVO

Acesse o aplicativo gov.br
Clique em “Entrar com gov.br”
Digite o CPF e vá em “Continuar”
Depois, informe a senha e clique em “Entrar”
No quadro azul, acima, onde está seu nome, vá em “Aumentar nível”
Em seguida, acesse “Aumentar nível da conta”
O gov.br pedirá acesso à câmera do celular, clique em “OK”
Aparecerão orientações para a foto; clique em “Reconhecimento facial”
Enquadre seu rosto e aguarde; aparecerá a mensagem “Reconhecimento facial realizado com sucesso”, vá em em “OK”
Ao final do procedimento, aparecerá a mensagem “Validamos sua foto na base de dados da Justiça Eleitoral. Você atingiu o maior nível de segurança para sua conta gov.br!”
Outra forma é pela validação dos dados usando a biometria digital cadastrada no TSE
É também possível validar os dados com o certificado digital compatível com IPC-Brasil
Mais uma forma é usar o aplicativo gov.br para ler o QR Code da CIN (Carteira de Identidade Nacional)

próximo artigoProporção da população brasileira que vive próxima da praia diminui, diz Censo
Artigo seguinteAluno incendeia escola e esfaqueia três pessoas no Vale do Jequitinhonha

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here