A Organização das Nações Unidas (ONU) informou que seu primeiro comboio de ajuda humanitária chegou nesta sexta-feira (20) à periferia de Soledar, uma das cidades ucranianas mais disputadas desde a invasão russa e, recentemente, palco de sangrentos combates. 

“Este é o primeiro comboio interinstitucional a chegar a esta área desde o início da guerra”, disse o porta-voz da agência humanitária da ONU, Jens Laerke, à imprensa, em Genebra. 

Segundo ele, três caminhões levam água, alimentos e artigos de primeira necessidade para cerca de 800 pessoas.

O comboio está na área controlada pelo governo ucraniano. 

“Os recentes combates em e ao redor de Soledar causaram destruição em massa e deixaram as pessoas com uma necessidade urgente de ajuda humanitária”, enfatizou Laerke.

As Nações Unidas estão tentando organizar outros comboios humanitários para a área.

“Nossos colegas do comboio terão visto por si mesmos o estado da população e a situação atual. É uma região, onde muitos combates foram travados, então, naturalmente, a ajuda humanitária é necessária agora e talvez no futuro imediato”, acrescentou o porta-voz. 

Na semana passada, o Exército russo e os mercenários do grupo Wagner anunciaram a conquista da cidade, situada no leste da Ucrânia, perto de Bakhmut, e que Moscou tenta tomar há meses. 

Os ucranianos garantem, por sua vez, que Soledar ainda está sob o controle de Kiev. 

Em seu informe diário, o Exército ucraniano garantiu que suas forças impediram “ataques” russos em várias cidades na região de Donetsk, incluindo Soledar, nas últimas 24 horas.

próximo artigoCoçar os olhos pode causar doença que atinge 150 mil brasileiros por ano
Artigo seguinteTermina hoje o prazo para inscrição na primeira etapa do Revalida