Uma militar israelense foi esfaqueada e ficou gravemente ferida em Jerusalém Oriental nesta segunda-feira (6) por um homem que foi morto pelas forças de segurança, anunciou a polícia de Israel.

“Um terrorista armado com uma faca chegou à delegacia de Shalem e esfaqueou a militar”, afirma um comunicado da polícia.

“As forças da polícia de fronteira neutralizaram o terrorista com tiros”, acrescenta a nota.

A militar de 20 anos foi hospitalizada com ferimentos graves. Outra militar, da mesma idade, sofreu ferimentos leves.

O agressor foi identificado com um jovem palestino de Jerusalém Oriental, segundo a polícia. Outro suspeito vinculado ao ataque foi detido perto da delegacia.

No dia 12 de outubro, um homem abriu fogo e feriu dois soldados na mesma área de Jerusalém Oriental, a parte da cidade anexada por Israel.

Em 30 de outubro, um palestino de Jerusalém Oriental foi morto depois de esfaquear um policial israelense.

Desde o início da guerra na Faixa de Gaza em 7 de outubro, ao menos 150 palestinos morreram na Cisjordânia em ações de soldados ou colonos israelenses, segundo o Ministério da Saúde da Autoridade Palestina.  

próximo artigoCasos de violência patrimonial contra idosos crescem 77% em apenas um ano
Artigo seguinteCaso Samarco: campanha aponta limites da reparação e defende nova lei
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários