O marido da vítima foi quem a encontrou dentro da serpente

Uma mulher foi encontrada morta no estômago de uma serpente píton, que a engoliu inteira, na Indonésia. A informação foi divulgada pela polícia de Sulawesi do Sul, nesta quarta-feira (3).

A mulher de 36 anos estava desaparecida desde que saiu de casa, na manhã de terça-feira (02), para comprar remédios para seu filho doente, disse a polícia. Familiares preocupados com o sumiço começaram a procurar pela vítima.

O marido da mulher encontrou os sapatos e calças da esposa no chão, a cerca de 500 metros de sua casa, na cidade de Siteba.

“Pouco depois, ele viu uma cobra, a uma dúzia de metros da estrada. A cobra ainda estava viva”, disse à AFP o chefe da polícia local, Idul, que tem apenas um nome, como muitos indonésios.

O marido ficou intrigado com a barriga “grande” da píton e pediu aos vizinhos que o ajudassem a abrir o estômago do réptil, onde o corpo de sua esposa foi encontrado, disse Iyang, um funcionário da aldeia.

Outros casos
Estes tipos de incidentes são extremamente raros, mas várias pessoas morreram na Indonésia nos últimos anos após serem engolidas por pítons.

Uma mulher de 45 anos foi encontrada morta no início de junho, dentro de uma píton reticulada de cerca de cinco metros, na mesma província de Sulawesi do Sul.

No ano passado, moradores do distrito de Tinanggea, no sudeste da ilha de Sulawesi, mataram uma píton de oito metros que estrangulava e devorava um agricultor.

Outra mulher de 54 anos foi encontrada morta em 2018 dentro de uma píton de sete metros na cidade de Muna, também no sudeste de Sulawesi. E no ano anterior, um agricultor no oeste de Sulawesi foi devorado por uma píton de quatro metros.

(Com informações AFP)

 

próximo artigoMagnata organiza casamentos para pessoas mais pobres antes da cerimônia de seu filho
Artigo seguintePrefeitura de Ipatinga entrega novapraça construída no bairro Vila Celeste
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários