Atentados suicidas de islamistas radicais deixam nove mortos na Somália

Pelo menos nove pessoas morreram, e outras dez ficaram feridas em dois atentados suicidas reivindicados pelos islamistas radicais shebab no centro da Somália — informou um comandante da polícia local à AFP nesta segunda-feira (3/10).

“Os terroristas cometeram ataques suicidas usando dois veículos carregados de explosivos em Beledweyne”, disse o comandante da polícia na região de Hiiraan, Mohamed Moalim Ali.

“Nove pessoas morreram, entre elas o ministro da Saúde do estado de Hirshabelle e um comissário de distrito encarregado das finanças (…), e mais de dez ficaram feridas”, acrescentou.

O ataque, que teve como alvo um prédio do governo, foi reivindicado pelos shebab, um grupo ligado à Al-Qaeda há 15 anos em luta contra o governo somali.

“A explosão foi enorme e destruiu vários edifícios”, relatou Mohamud Addow, testemunha do ataque. “Vi várias pessoas sendo levadas para o hospital e várias pessoas mortas”, completou.

O governo somali anunciou, hoje, a morte de um importante líder dos shebab em um ataque aéreo no sul da Somália. Uma recompensa de US$ 3 milhões estava sendo oferecida por sua cabeça.

próximo artigoMais de 156 milhões de brasileiros vão às urnas neste domingo
Artigo seguinteMorre atriz indígena que recusou o Oscar em nome de Marlon Brando