Ações europeias atingem mínima de 16 meses após aumentos de juros

As ações europeias caíram para os níveis mais baixos em 16 meses nesta quinta-feira (16), depois que o aperto das políticas no Reino Unido e na Suíça alimentou novas preocupações sobre o impacto da inflação na economia global. Já sob pressão na abertura após o grande aumento da taxa de juros do Federal Reserve dos EUA na quarta-feira, o benchmark STOXX 600 caiu ainda mais após o inesperado aumento da taxa do SNB. O índice caiu 2,5%, atingindo o nível mais baixo desde fevereiro de 2021.

O índice de ações suíço perdeu 2,9%, ficando atrás dos principais mercados regionais europeus, com pesos pesados ​​do setor bancário como UBS e Credit Suisse caindo 4,9% e 6%, respectivamente.

O blue-chip FTSE 100 do Reino Unido caiu 3,1% depois que o Banco da Inglaterra aumentou as taxas de juros em um quarto de ponto percentual, como o esperado, mas disse que estava pronto para agir “com força” para acabar com os perigos representados por uma taxa de inflação acima 11%.

fonte: Agência Brasil

próximo artigoConsulta de vagas do segundo processo seletivo do Sisu está disponível
Artigo seguintePetrúcio Ferreira fica em segundo na etapa de Oslo da Diamond League