O craque Lionel Messi enviou um comunicado à diretoria do Barcelona no qual expressa seu desejo de sair do clube, revelaram jornais da Espanha e Argentina nesta terça-feira (25).

Atualmente, o vínculo do argentino vai até junho de 2021, mas a hipótese é de que o jogador utilize uma cláusula do contrato que possibilita a rescisão unilateral ao término de cada temporada.   

Neste ano, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, este prazo teria sido prorrogado até o fim do mês. A decisão ocorre seis dias após a apresentação do novo técnico do clube, Ronald Koeman.   

A informação foi revelada pela emissora “TyC Sports” e o jornal “Olé”, ambos argentinos, e também pelo jornal “Marca”, de Madri.   

De acordo com especulações, caso a saída do camisa 10 seja confirmada nos próximos dias, Inter de Milão e Manchester City estariam na briga por Messi. 

No último dia 20 de agosto, o argentino interrompeu suas férias e voltou ao Barcelona para definir seu futuro no clube catalão.   

A hipótese de sua saída já estava sendo cogitada, principalmente depois da goleada de 8 a 2 sofrida contra o Bayern de Munique, pela Liga dos Campeões. (ANSA)

próximo artigo“Direita Vale Aço” prepara recepção para Bolsonaro
Artigo seguinteBaixas temperaturas reforçam importância dos cuidados de prevenção à covid-19