Camisa 7 do Atlético não é o artilheiro do ano alvinegro, mas como garçom tem número expressivo

Maior ídolo da torcida do Atlético no atual elenco, o atacante Hulk já passou da marca centenária de gols pelo Galo e soma 102 bolas na rede com a camisa do clube. Em 2024, mesmo sem liderar as estatísticas do ano como artilheiro, prova sua importância para o time: Em 19 jogos, deu seis assistências, uma média de 0,36 por jogo – simplesmente a melhor marca desde que chegou ao clube, em 2021.

A marca anterior é do ano passado, quando deu 14 assistências em 59 jogos, ou seja, uma média de 0,23 por jogo. No ano em que foi o melhor jogador do Brasileirão e da Copa do Brasil e campeão também do Campeonato Mineiro, foram 13 assistências em 68 jogos (0,19 por jogo). A menor marca de assistências de Hulk pelo Galo foi em 2022, quando deu 5 assistências em 29 jogos, uma média de 0,10.

Desde que chegou ao alvinegro, em 2021, Hulk tem acumulado números expressivos. Em 2021 e em 2022, foi o artilheiro alvinegro, com 36 e 29 gols, respectivamente. Em 2023, fez 30 gols e só ficou atrás de Paulinho, que marcou 31. Na atual temporada, já fez sete, dois a menos que Paulinho, que novamente lidera, agora com nove.

Em termos de média de gols por partida, seu número mais expressivo foi em 2022, com 0,63 por jogo. Em 2021, o ano das maiores conquistas, atingiu 0,55. Em 2023 chegou a 0,51 por jogo. Até o momento, a média mais baixa é exatamente a deste ano de 2024, com 0,36.

Com Gabriel Milito, Hulk participou de 11 dos 12 jogos do time sob o comando do técnico argentino e só ficou de fora da partida contra o Cuiabá, poupado. Até agora, com o novo treinador, foram dois gols (0,18 por jogo) e quatro assistências (média de 0,36 por partida).
próximo artigoCruzeiro se posiciona oficialmente sobre interrupção do Campeonato Brasileiro: ‘paralisação imediata’
Artigo seguinteTira-dúvidas: entenda como funciona o Desenrola para MEIs

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here