Galo, Ricardo Oliveira destaca melhora na etapa final e lamenta bola na trave

Foto: Reprodução

O artilheiro Ricardo Oliveira avaliou que o Atlético foi melhor no segundo tempo do empate por 1 a 1 com o Corinthians, neste sábado, em São Paulo, pelo Brasileirão. O camisa 9 atleticano também lamentou o cabeceio em que acertou a trave.

“Identificamos que chegou um momento, no início do jogo, em que deveríamos adiantar nossa pressão. Demos muito campo para eles no começo, identificamos isso, adiantamos a pressão e dificultamos mais. Conseguimos, em ocasiões esporádicas, chegar pelos lados do campo, cruzando bola, o que não foi suficiente”, analisou.

“Teve uma cabeçada minha que acabou pegando na trave, mas o time chegou, tentou ser mais agressivo no segundo tempo. Infelizmente, não conseguimos a vitória”, comentou o atacante, que conta com o apoio da Massa nos dois próximos jogos, contra São Paulo e Atlético-PR, ambos no Horto.

“Agora, dentro de casa, precisamos muito do apoio do torcedor para vencer esses dois jogos”, afirmou o jogador.