Galo reage duas vezes, mas sofre gol nos acréscimos e perde em SP

Depois de ficar duas vezes em desvantagem no placar e conseguir o empate, o Atlético sofreu um gol nos acréscimos e perdeu por 3 a 2 para o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque, em São Paulo. A partida foi válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Luan e Yimmi Chará fizeram os gols do Galo, com Moisés e Bruno Henrique (2) marcando para a equipe da casa. O terceiro gol do time paulista teve origem em falta inexistente de Ricardo Oliveira em Edu Dracena, marcada pelo árbitro Péricles Cortez.

Mesmo com o resultado, o Alvinegro permaneceu em terceiro lugar na tabela de classificação, com 23 pontos.

Na próxima rodada, o adversário será o Paraná, quarta-feira, às 21h, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

O JOGO

O time da casa fez 1 a 0 aos dois minutos, com Moisés, após falha de Juninho na saída de bola. Em seguida, Moisés acertou chute no travessão. O Atlético não se abateu e acabou dominando o restante do primeiro tempo.

Aos nove minutos, Patric recebeu passe de Luan em profundidade, pela direita, e cruzou para o corte da zaga. No ataque seguinte, Elias tentou enfiada de bola para Chará e a defesa da equipe paulista afastou o perigo.

Aos 14, o cruzamento de Elias pela direita foi interceptado na grande área. Ricardo Oliveira tentou chute de fora da área e a bola explodiu no defensor palmeirense.

Luan também arriscou de longa distância e o goleiro Weverton fez a defesa. Aos 25, Victor saiu bem do gol para acabar com o ataque do Palmeiras.

O Galo teve boa oportunidade aos 30 minutos, quando Ricardo Oliveira recebeu passe de Chará na grande área e foi desarmado pelo goleiro. Três minutos depois, Fábio Santos tentou finalização e a bola desviou no zagueiro.

Em novo ataque pela esquerda, Fábio Santos concluiu de voleio para a defesa de Weverton. Aos 42, Yimmi Chará foi à linha de fundo pela esquerda, cruzou e a defesa fez o corte pelo alto.

Já nos acréscimos, Luan quase aproveitou recuo de bola para o goleiro, que conseguiu fazer a defesa.

SEGUNDO TEMPO

O Atlético voltou para o segundo tempo com a mesma formação e levou perigo no passe de Ricardo Oliveira para Chará, que foi desarmado.

Aos cinco minutos, Patric recebeu bom passe de Zé Welison pela direita e fez o cruzamento, Galdezani finalizou para a defesa parcial do goleir9o e Luan aproveitou o rebote para empatar o jogo: 1 x 1.

Ricardo Oliveira disparou em contra-ataque, aos 17 minutos, mas acabou errando o último passe. Aos 24, David Terans entrou no lugar de Luan.

Em novo ataque atleticano, Matheus Galdezani cruzou rasteiro, Ricardo Oliveira tentou desvio de letra e a bola ficou com o goleiro.

Lucas Cândido substituiu Galdezani aos 30 minutos, quando o Palmeiras fez o segundo gol em cobrança de falta de Bruno Henrique.

O Atlético tentou reagir no chute de Ricardo Oliveira e a bola desviou no zagueiro.

Aos 35, Yimmi Chará recebeu ótimo passe de Elias e acertou belo chute para igualar novamente o marcador: 2 x 2.

Já nos minutos finais, Elias foi substituído por Tomás Andrade, que chutou forte, aos 46, para a defesa de Weverson.

Nos acréscimos, o árbitro marcou falta inexistente de Ricardo Oliveira em Edu Dracena, no meio do campo. O Palmeiras fez a cobrança longa para a área e, após desvio, Bruno Henrique fez o terceiro gol da equipe paulista.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 x 2 ATLÉTICO
Motivo:
Campeonato Brasileiro (14ª rodada)
Data: 22/07/2018
Estádio: Allianz Parque
Cidade: São Paulo (SP)
Gols: Moisés (2’/1ºT), Luan (5’/2ºT), Bruno Henrique (30’/2ºT) (48’/2ºT), Yimmi Chará (35’/2ºT)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (MTR PE)
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva (AB PE) e Cléberson do Nascimento Leite (AB PE)
Quarto Árbitro: Marcelino Castro de Nazaré (AB PE)
Árbitro Assistente Adicional 1: José Washington da Silva (AB PE)
Árbitro Assistente Adicional 2: Nielson Nogueira Dias (AB PE)
Cartões amarelos: Luan, David Terans (Atlético); Moisés, Edu Dracena (Palmeiras)
Cartão vermelho: Matheus Galdezani (Atlético)

Palmeiras
Weverton, Marcos Rocha, Edu Dracena, Antônio Carlos, Diogo Barbosa, Felipe Melo (Deyverson), Bruno Henrique, Moisés, Gustavo Scarpa (Hyoran), Dudu (Jean), Willian.Técnico: Roger Machado.

Atlético
Victor; Patric, Gabriel, Juninho, Fábio Santos, Zé Welison, Matheus Galdezani (Lucas Cândido), Elias (Tomás Andrade), Luan (David Terans), Yimmi Chará, Ricardo Oliveira.Técnico: Thiago Larghi.