De pênalti, Gabigol marca para o Rubro-Negro nos acréscimos

Em partida válida pela quinta rodada do Brasileirão, o Flamengo empatou com o Botafogo por 1 a 1 na manhã deste domingo (23), no Maracanã. O gol do Mais Querido foi marcado por Gabigol, de pênalti, aos 55 minutos do segundo tempo.

O JOGO
O Flamengo iniciou a primeira etapa buscando manter a posse de bola no campo adversário, tentando encontrar espaços para criar as jogadas. Aos 11’, Matheuzinho arriscou um chute de fora da área e obrigou Gatito a fazer boa defesa. Aos 23’, a primeira grande oportunidade de gol. Pedro Rocha fez grande jogada pela esquerda e cruzou. Bruno Henrique subiu e cabeceou em cima de Gatito, que conseguiu salvar.

Aos 30’, o Botafogo assustou com um chute de Honda na entrada da grande área. A bola passou rente à trave de Diego Alves. Aos 34’, Gabigol recebeu pelo meio e chutou forte de fora da área para boa defesa do goleiro alvinegro. Apesar do Fla ter criado boas oportunidades, o primeiro tempo terminou empatado em zero a zero.

Na volta para o segundo tempo, o jogo se manteve bastante equilibrado, com as duas equipes buscando o ataque. Aos 29’, Gabigol chegou a abrir o placar, mas o lance foi anulado pelo VAR. Aos 44’, Arão arriscou um chute da intermediária e a bola passou com perigo. Nos acréscimos, o Botafogo fez seu gol. Danilo Barcelos cobrou escanteio, a bola sobrou para Pedro Raul, que acertou um voleio para abrir o placar: 1 a 0.

O Fla foi valente, lutou até o fim e conseguiu o empate. Após lance revisado pelo VAR, aos 53’, o árbitro marcou pênalti em toque de mão de Benevenuto dentro da área. Gabigol foi para cobrança e fez: 1 a 1.

E AGORA?
O Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo (30) para enfrentar o Santos, às 16h, na Vila Belmiro.

ESCALAÇÃO DO FLAMENGO
Diego Alves, Matheuzinho, Rodrigo Caio (Thuler), Léo Pereira, Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Thiago Maia), Everton Ribeiro, Pedro Rocha (Vitinho), Bruno Henrique; Gabriel Barbosa.
Técnico: Domènec Torrent.

próximo artigoCuidar da saúde sexual e reprodutiva é essencial mesmo na pandemia
Artigo seguinteGasolina está mais cara na Grande BH; variação pode chegar a 17% nos postos