A estreia do Galo na Libertadores será entre as finais do Campeonato Mineiro, diante do Cruzeiro

Luiz Felipe Scolari vai disputar sua Copa Libertadores de número 10. Neste 2024, o atual comandante do Galo chega ao maior torneio das Américas como um dos que mais disputou jogos: 84 no total, sendo o sétimo técnico com mais partidas. Das quatro finais que chegou, foi campeão em duas: 1995, com o Grêmio, e 1999, com o Palmeiras.

+ Peñarol, Rosario e Caracas: saiba mais sobre rivais do Atlético na Libertadores

Com esse histórico e foco total voltado para a Libertadores, a missão de Felipão, nos próximos dias, é escalar a equipe ideal para a estreia do time no torneio, que será diante do Caracas-VEN, fora de casa, em jogo válido pelo Grupo G. O comandante já adiantou que vai mexer na equipe, em relação àquela que iniciou a temporada com a disputa do Campeonato Mineiro.

“As características de um time que joga a Libertadores são diferentes. Nós teremos que fazer algumas adaptações por algumas situações novas, até para que a gente tenha a primeira performance da Libertadores muito boa e para não correr riscos mais na frente. É um pouco mais difícil, mas sabíamos que era assim. Tem que se adaptar e fazer”, declarou Felipão.

A estreia do Galo na Libertadores será entre as finais do Campeonato Mineiro, diante do Cruzeiro. A data prevista é entre 2 a 4 de abril, uma semana antes do segundo jogo da decisão do Estadual. O dia e horário corretos ainda serão divulgados pela Conmebol, que tem preferência para marcação das partidas em relação à Federação Mineira de Futebol (FMF).

Os adversários do Atlético no Grupo G da Libertadores são: Peñarol (Uruguai), Rosario Central (Argentina) e Caracas (Venezuela).

próximo artigoEquador, Chile e Colômbia: as viagens do Cruzeiro na Copa Sul-Americana
Artigo seguinteMagazine Luiza reverte prejuízo e tem lucro líquido ajustado de R$ 101,5 milhões

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here