Delegados da Fifa apostam em maior vigilância com Neymar na Copa

Imagem Internet

Jogador da Copa do Mundo que mais sofreu faltas até agora, Neymar está na mira da Fifa. Ao Estado, três dirigentes do Conselho da Fifa, o órgão máximo da entidade, explicaram separadamente que o brasileiro tem sido alvo de debates. O Estado apurou que, por enquanto, os árbitros não receberam qualquer tipo de instrução específica para darem maior atenção à possíveis encenações do brasileiro.

Mas, há uma semana, membros do Comitê de Arbitragem da Fifa admitiram ao Estado e a outros veículos de imprensa brasileiros, na condição de anonimato, que havia uma instrução a não apitar ou consultar o VAR em cada falta recebida por Neymar. A justificativa: o futebol é um esporte de contato e deve ser mantido assim.

Em quatro jogos, ele foi atingido em 23 ocasiões. O número é bem superior ao volume de faltas sofridas por Messi, com 15. Os dados foram coletados oficialmente pela Fifa a partir dos relatórios do quatro primeiros jogos na Copa do Mundo.

Apenas no primeiro jogo, contra a Suíça, as dez faltas sofridas pelo brasileiro o colocaram num situação única. Nenhum jogador desde Alan Shearer, em 1998, foi alvo de tantas faltas. Naquela Copa, há 20 anos, o inglês teve onze incidentes em uma partida contra a Tunísia.

Sozinho, Neymar já sofreu mais faltas que todo o time do Egito, com 21. O craque do Paris Saint-Germain ainda concentrou praticamente metade das 59 faltas recebidas pela seleção brasileira em quatro jogos.

Fonte, Estado.