Clubes que fazem parte da Liga Forte União se manifestaram nesta segunda-feira (13) de forma oficial

Os clubes da Liga Forte União se posicionaram a respeito da paralisação do Campeonato Brasileiro, por conta das enchentes que devastaram o estado do Rio Grande do Sul. O Cruzeiro, que faz parte do grupo, emitiu um comunicado sobre a posição do clube diante do cenário caótico que vive o estado gaúcho.

“Nesta segunda-feira, todos os clubes da Liga Forte União se posicionaram perante o ofício enviado pela Confederação Brasileira de Futebol. De forma unânime e em bloco, todos são a favor da paralisação imediata do Campeonato Brasileiro até a data de 31 de maio de 2024. A paralisação se faz necessária como medida humanitária, consensual e de justiça de competição”, diz a nota celeste.

A nota é assinada pelos 11 clubes da Série A: Atlético-GO, Athletico-PR, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Internacional, Juventude e Vasco. Outros 20 clubes compõe a Liga Forte União. América, Avaí, Botafogo-SP, Brusque, Chapecoense, Ceará, CRB, CSA, Figueirense, GoiásItuanoLondrinaMirassolNáuticoNovorizontinoOperário-PRPonte PretaSportTombense Vila Nova-GO. Vale lembrar que Botafogo-SP, Ituano, Mirassol, Novorizontino e Ponte Preta foram os últimos a aderirem ao bloco, no dia 27 do último mês.  

No último dia 7 de maio, a CBF anunciou o adiamento de todos os jogos de clubes gaúchos nas competições que organiza até o dia 27 de maio de 2024. Além da Série A do Brasileiro, oito competições da CBF sofreram alterações: Copa do Brasil, Séries C e D, Brasileirão feminino A1, A2 e A3, Brasileiro masculino sub-20 e Brasileiro feminino sub-20. A Série B, sem clubes do RS, não teve jogos adiados.

próximo artigoAmérica: próximo adversário, Mirassol aposta na experiência para conseguir acesso
Artigo seguinteGarçom, Hulk tem melhor média de assistências por jogo desde que chegou ao Atlético

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here