Cruzeiro avança na Libertadores em clássico emocionante no Mineirão

Fotos: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C

Sofrido, na raça e com muita entrega dos seus jogadores, essas foram às principais características do time celeste para classificar para as quartas de final, diante do Flamengo, na noite desta quarta-feira, pela Conmebol Libertadores.

O resultado de 1 a 0 para a equipe adversária foi suficiente para o Cruzeiro avançar na competição sul-americana, já que no agregado a Raposa acabou vencendo por 2 a 1 pelo placar conquistado no Maracanã, quando o time venceu por 2 a 0.

O Cruzeiro agora espera o adversário das quartas de final, no jogo que será realizado nesta quinta-feira entre Boca Juniors (ARG) e Libertad (PAR). No primeiro jogo, vitória dos argentinos por 2 a 0.

O próximo compromisso celeste será pelo Campeonato Brasileiro. No domingo, às 19h, no Mineirão, a Raposa receberá o Internacional, um dos primeiros colocados da disputa.

O Jogo

O Cruzeiro era melhor na partida e aos 20 minutos criou a melhor chance do primeiro tempo. De Arrascaeta roubou a bola de Diego, tocou para Thiago Neves que serviu Robinho, o meia de carrinho tocou para Barcos que chutou a esquerda do gol de Diego Alves.

A resposta do Flamengo aconteceu sete minutos depois. Diego tocou para Everton Ribeiro, Henrique tentou interceptar, mas a bola sobrou limpa para Everton Ribeiro disparar a esquerda do gol de Fábio.

No fim do primeiro tempo, aos 47 minutos, Thiago Neves cruzou na área e Léo Duarte tirrou a bola no momento que o zagueiro Dedé completaria para o gol. Lance de grande perigo para a meta do time do Flamengo.

Segundo tempo

O Flamengo, que precisava marcar dois gols para levar a partida para os pênaltis, foi para cima da Raposa na segunda etapa, e com isso abriu espaços para os contra-ataques.

Aos 17 minutos, mais uma grande chance da Raposa. De Arrascaeta fez excelente cruzamento para Barcos, o centroavante apareceu na segunda trave e tocou para o meio da área, Thiago Neves veio de trás e dentro da pequena área concluiu para o gol, Diego Alves fez excelente defesa e evitou o primeiro gol do jogo.

O Flamengo cresceu no jogo e conseguiu muitos escanteios. Em um deles, aos 24 minutos, Diego bateu, a bola sobrou para Everton Ribeiro na segunda trave, o meia colocou a bola para dentro da pequena área e Léo Duarte completou para o gol. 0 a 1 Flamengo.

Na frente no placar e precisando de mais um gol para levar a disputa para os pênaltis, o Flamengo se lançou ao ataque e abriu espaços. A Raposa tentou por várias vezes concluir os contra-ataques, mas esbarrou nos erros de passe.

Fim de jogo e o Cruzeiro segue na caminhada rumo ao Tricampeonato da América.

CRUZEIRO 0 X 1 FLAMENGO
Motivo: Oitavas de final da Conmebol Libertadores – jogo de volta
Data: 29/08/2018 (quarta-feira)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Público:  52.706 presentes / 44.791 pagantes
Renda: R$ 2.840.899,16
Gol: Léo Duarte aos 24 minutos do segundo tempo
Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero (Edilson), Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Rafinha), Thiago Neves e De Arrascaeta; Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes
Flamengo: DiegoAlves, Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê (Geuvânio); Cuellar (Lincoln), Everton Ribeiro, Diego, Lucas Paquetá e Marlos; Vitinho (Henrique Dourado). Técnico: Maurício Barbieri
Cartões amarelos: Rafinha, Thiago Neves, Raniel (Cruzeiro) ; Renê, Léo Duarte e Rodinei (Flamengo)