Foto: Reprodução

A CBF divulgou na noite desta quarta-feira, 4, uma nota oficial para garantir a permanência da comissão técnica comandada por Tite ao final da Copa América. O comunicado é uma resposta ao jornalista Juca Kfouri, que nesta manhã informou que o técnico, supostamente insatisfeito com o desmanche de sua comissão, cogita entregar o cargo depois da final de domingo, 7, diante do Peru.

“A Confederação Brasileira de Futebol manifesta sua confiança no trabalho da Comissão Técnica da Seleção Brasileira Principal. E reafirma que ela será mantida em caráter permanente”, diz a breve nota da CBF. O presidente Rogério Caboclo vem repetindo ao longo das últimas semanas que o contrato de Tite, até o fim da Copa de 2022, no Catar, será mantido, qualquer que seja o resultado na Copa América. 

A primeira saída confirmada, antes mesmo da Copa América começar, foi a de Sylvinho, seu ex-auxiliar, que se tornou treinador do Lyon da França. Outra saída iminente é a do coordenador de seleções Edu Gaspar. A pessoas próximas, nos bastidores da seleção, ele já admite que trabalhará como dirigente do Arsenal, da Inglaterra, assim que competição terminar.

Existe agora a expectativa de que outros membros da comissão técnica, quase toda vinda do Corinthians com Tite e Edu, possam acompanhar Sylvinho no Lyon ou buscar novos rumos. A CBF acredita, no entanto, que Tite permanecerá no cargo e escolherá os substitutos para os cargos que estão vagos. 

próximo artigoGoverno vai anunciar programa econômico no 2º semestre, diz Guedes
Artigo seguinteONU atribui milhares de execuções a forças de segurança da Venezuela