Com Pedro decisivo, Flamengo vence Palmeiras na estreia do Brasileiro

No confronto entre o atual bicampeão nacional e o detentor dos últimos títulos da Copa do Brasil e da Libertadores, melhor para o primeiro. Neste domingo (30), o Flamengo derrotou o Palmeiras por 1 a 0 no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

A partida foi movimentada durante os 90 minutos, como era esperado no duelo entre as duas equipes mais caras do futebol brasileiro, segundo o site Transfermarkt. O Palmeiras, cujo elenco vale 145 milhões de euros (R$ 925,57 milhões, na cotação atual), teve mais chances no primeiro tempo. Aos 17 minutos, Luiz Adriano dominou livre na área, após cruzamento do também atacante Rony da direita, mas o arremate do camisa 10 desviou no pé do goleiro Diego Alves, saindo da trajetória do gol.

Aos 25, o Verdão assustou novamente, desta vez com o meia Raphael Veiga, em chute cruzado que o camisa 1 rubro-negro salvou com a ponta dos dedos. Onze minutos depois, o arqueiro flamenguista brilhou novamente, evitando o gol na finalização de Rony, da entrada da área. A melhor oportunidade dos anfitriões foi aos 45 minutos, em batida cruzada do atacante Pedro, dentro da área, que passou rente à trave direita defendida por Weverton. O centroavante foi escalado no lugar do titular Gabigol, com indisposição gástrica.

Elenco mais caro do Brasil, valendo quase 152 milhões de euros (R$ 967,65 milhões), o Flamengo teve mais iniciativa na etapa final. No primeiro minuto, o atacante Bruno Henrique foi lançado pelo meia Giorgian De Arrascaeta na cara de Weverton, mas arrematou por cima. Cinco minutos depois, o goleiro alviverde levou a melhor novamente contra Bruno Henrique, salvando um chute cruzado que ainda quicou no gramado. Aos 24, o camisa 21 palmeirense fez grande defesa em cabeçada do zagueiro Rodrigo Caio, na segunda trave.

Como teve o duelo contra o Grêmio, pela segunda rodada do Brasileiro, adiado devido aos jogadores convocados às seleções nacionais para as eliminatórias da Copa do Mundo, o Flamengo só retorna a campo pela Série A no dia 13 de junho (domingo), às 20h30 (horário de Brasília), no Maracanã, contra o América-MG. Três dias antes, o Rubro-Negro pega o Coritiba no Couto Pereira, na capital paranaense, às 21h30, pela terceira fase da Copa do Brasil.

No segundo tempo, aos quatro minutos, Ricardinho, de cabeça, após cruzamento do também atacante Léo Chú pela esquerda, igualou o placar. Aos 39 minutos, o lateral Bruno Cortez caiu na área em disputa de bola com o lateral Buiú. O pênalti foi inicialmente assinalado, mas cancelado com auxílio do árbitro de vídeo (VAR). Quando o duelo caminhava para o empate, o meia Jorginho ficou com a sobra de uma bola que rebateu na trave e decretou o triunfo alvinegro, aos 48 minutos.

Arquirrival do Ceará, o Fortaleza também venceu na estreia do Brasileiro. Mais cedo neste domingo, o Leão do Pici superou o Atlético-MG por 2 a 1, de virada, no Mineirão, em Belo Horizonte. O Galo até saiu na frente aos 39 minutos da etapa inicial, com o atacante Hulk cobrando pênalti. No segundo tempo, o lateral Yago Pikachu, que saiu do banco de reservas, brilhou com dois gols. Um aos 14 minutos e outro aos 48 minutos, sentenciando a virada do Tricolor.

Fortaleza e Ceará, aliás, disputam mais uma edição do Clássico-Rei na próxima quarta-feira (2), às 19h, no Castelão. No mesmo dia e horário, o Atlético-MG visita o Remo no Baenão, em Belém. Também na quarta (2), só que mais cedo, às 16h30, o Grêmio pega o Brasiliense na Arena, em Porto Alegre. Os duelos são válidos pela terceira fase da Copa do Brasil.

Pelo Brasileirão, Leão do Pici e Galo voltam a campo no domingo (6). Os cearenses recebem o Internacional às 16h, enquanto os mineiros visitam o Sport às 20h30, na Ilha do Retiro, em Recife. Um dia antes, no sábado (5), o Ceará visita o Santos, às 19h, na Vila Belmiro, no litoral paulista. O Grêmio só torna a atuar pela Série A dia 13, contra o Athletico-PR, em casa, às 16h

fonte: Agência Brasil

próximo artigoCovid-19: Brasil registra 874 mortes e 45,3 mil casos nas últimas 24h
Artigo seguinteRio começa nesta segunda vacinação contra covid-19 para público em geral