Com apenas 30 minutos de ‘rodagem’ nos dois últimos jogos, Sasha projeta Coritiba fechado no sábado

Presente em apenas 30 minutos dos dois últimos jogos do Atlético no Campeonato Brasileiro, seis na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR e 24 na derrota por 3 a 0 para o líder São Paulo, o atacante Eduardo Sasha espera voltar a ser acionado como titular pelo técnico Jorge Sampaoli. No próximo sábado (26), contra o Coritiba, ele tem nova chance.

Buscando se manter no G-4 da Série A e, com isso, garantir vaga direta na Libertadores 2021, o time alvinegro sabe que não pode mais vacilar, já que os adversários diretos estão se aproximando cada vez mais. Encarar o desesperado Coxa, que segue na zona de rebaixamento, é a última chance na temporada de acumular mais três pontos na tabela e, assim, passar a virada de ano com 49 na conta.

“Sabemos que não existe jogo fácil no Campeonato Brasileiro e perdemos pontos que pareciam garantidos. Saímos na frente em algumas partidas mas não soubemos controlar a vantagem. Imagino que eles virão retrancados, buscando o contra-ataque e vamos precisar girar a bola com calma para encontrar os espaços. Será preciso ter atenção com este contra golpe deles”, destacou Sasha durante entrevista remota realizada nesta quarta-feira (23).

“Perdemos um jogo importante, um confronto direto contra o São Paulo, mas ainda temos chances. Nosso time segue confiante, teremos dois jogos em casa que serão fundamentais para definir nosso futuro na competição. Não podemos mais perder pontos dentro de casa, precisamos estar concentrados e buscar as vitórias para nossa situação não ficar ainda mais complicada. Chegou o momento em que não temos mais espaço para erros”, finalizou.

Atlético e Coritiba se enfrentam no sábado, a partir das 17h, no Mineirão. O duelo será válido pela 27ª rodada.

próximo artigoPara continuar fazendo história, América encara o Palmeiras no jogo de ida da semi da Copa do Brasil
Artigo seguinteCom técnicos mais longevos do País, Grêmio e São Paulo buscam vaga em final