O empate do Atlético por 0 a 0 com o Fortaleza nessa segunda-feira (24), na Arena Castelão, piorou os números do técnico Cuca no comando da equipe. O treinador alvinegro, com menos de três meses no cargo, acumula 38,1% de aproveitamento e ainda não cravou a permanência em 2023. 

O técnico Cuca retornou ao Galo em julho deste ano. Em 2021, após ser campeão de quase tudo – só faltou a Libertadores -, o treinador pediu para sair alegando motivos pessoais. A decisão, já no fim do ano, pegou a diretoria alvinegra de surpresa, que correu para o mercado, mas conseguiu “apenas” Antonio Turco Mohamed. 

O treinador argentino não conquistou a confiança do clube e foi demitido do cago após 45 jogos, tendo 69,9% de aproveitamento. Cuca, então, foi convocado para tirar o Atlético do buraco e recuperar o futebol envolvente do ano anterior. Só que, também por motivos pessoais, o treinador pediu um contrato curto, até o fim da temporada. 

Enquanto trata de assuntos sérios como a implementação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) no clube, que deve sair do papel até o ano que vem, a diretoria alvinegra também se preocupa com quem vai assumir o cargo de treinador da equipe masculina profissional em 2023. Ainda sem um posicionamento oficial do treinador, o clube segue contando com ele pelo menos para ajudar no planejamento da temporada. 

“Eu tô planejando o Galo para o ano que vem, porque é o meu trabalho mesmo que eu não fique. É o meu trabalho. Eu estou fazendo isso diariamente com o Rodrigo Caetano, comissão técnica e o pessoal lá do serviço de inteligência. Esse é o meu trabalho. Eu vou fazer o melhor”, afirmou Cuca após o empate com o Fortaleza. 

O Galo segue em busca de uma vaga na Libertadores de 2023, ano de inauguração da Arena MRV, a casa própria alvinegra. Por isso, o treinador prega foco na reta final da temporada, faltando cinco jogos para acabar o Campeonato Brasileiro. 

“O trabalho que a gente tem é classificar o time para a Libertadores. Esse é o trabalho número um. Depois a gente vê o que vai acontecer. Temos muitas indefinições ainda. O Atlético vai virar SAF. Vai ter a condição do investimento. Vai ter que vender jogadores… Tem muitas coisas que ocorrem internamente e a gente tem que respeitar o tempo para definir tudo isso aí”, afirmou. 

próximo artigoMostra Cultural reúne mais de 900 alunos da rede municipal de Ipatinga
Artigo seguinteIdoso passa mal ao volante e bate carro em poste em Timóteo
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários