Com 19 jogadores revelados na Toca, Cruzeiro vence Guarani de Divinópolis em jogo-treino

Com gol de Judivan, aos 20 minutos do segundo tempo, a Raposa venceu o Guarani de Divinópolis, em jogo treino realizado na manhã deste sábado (18), na Toca da Raposa 2. O resultado foi magro, mas foi importante para que o técnico Adilson Batista comece a desenhar o Cruzeiro para este início de temporada. E, pelo visto, a garotada será essencial na reconstrução celeste. 

Com as saídas de Henrique, para o Fluminense, e Jadson, para o Bahia, além das situações indefinidas de Ariel Cabral e Ederson, o treinador foi obrigado a improvisar o zagueiro Edu como volante, ao lado do também jovem Adriano. 

Com sete jogadores revelados nas categorias de base do clube, a formação do primeiro tempo teve: Fábio; Edilson, Cacá, Leo e Rafael Santos; Adriano e Edu; Maurício, Rodriguinho e Welinton; Vinícius Popó.

Entre os titulares, há um jogador que não definiu a continuidade no Cruzeiro. O meia Rodriguinho, que se recuperou de uma hérnia na região lombar, ainda discute com a diretoria um novo acordo salarial para seguir na Toca da Raposa em 2020.

Segundo tempo

Um detalhe chamou atenção na etapa final. Dos 11 titulares, apenas o zagueiro Manoel não foi revelado pelo clube. O time ainda mais jovem do segundo tempo teve: Rafael; Weverton, Manoel, Arthur e Matheus Pereira; Guilherme Liberato e Jadsom; Judivan, Marco Antônio (Thiago) e Caio Rosa (Thiaguinho); Alexandre de Jesus.

Com isso, dos 24 jogadores utilizados por Adilson Batista no jogo-treino, 19 foram revelados pela Raposa. As exceções foram Fábio, Edilson, Léo e Rodriguinho, no primeiro tempo, e Manoel, na etapa final. 

A estreia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro será contra o Boa Esporte, quarta-feira (22), às 21h30, no Mineirão.