Além dos três pontos conquistados no jogo contra o Paraná, neste sábado, no Mineirão, a vitória sobre a equipe do Sul do Brasil teve um sabor especial para o atacante Fred, autor do segundo gol da Raposa.

Maior artilheiro do atual elenco cinco estrelas, com 58 gols marcados em apenas 83 jogos disputados, Fred comemorou bastante o gol e fez questão de ressaltar a gratidão aos profissionais do Cruzeiro, responsáveis pela recuperação e pela cirurgia que se submeteu no final de março deste ano, para reconstruir dois ligamentos do joelho direito.

“Sentimento de gratidão, primeiramente por Deus, e gratidão também aos médicos do Cruzeiro, aos fisioterapeutas e aos companheiros do Clube, que me deram muita força. Deus está me abençoando”, destacou o atleta, que após o gol deu um abraço muito forte no chefe do Departamento Médico do Cruzeiro Sérgio Campolina, responsável pela cirurgia, e caíram juntos no gramado.

“O Doutor Sérgio (Campolina, médico) passa uma credibilidade muito grande, uma paz muito grande. É muito bom a gente olhar para o nosso DM, e ver ele, ver o Charlinho (Charles de Oliveira Costa, fisioterapeuta), ver o Doutor Fred (Frederico Zatti, médico), ver o Léo (Leonardo Corradi, médico), ver todos os outros médicos e fisioterapeutas e nos deixar nas condições que eles nos prometeram: melhor do que antes”, completou Fred, que ficou sete meses fora dos gramados se recuperando da cirurgia.

Ao final da partida, Sérgio Campolina agradeceu o carinho de Fred e enalteceu o trabalho dos profissionais da Raposa envolvidos na recuperação dos atletas cinco estrelas.

“A temporada tem sido muito boa, Fred fazendo gols com sete meses de cirurgia. É um cara de coração grande. Ele falou comigo que o primeiro gol que ele fizesse (depois do retorno) ele queria que eu estivesse em campo. Coincidiu de eu estar no jogo hoje e fiquei muito feliz”, disse Campolina.

“Vendo ele jogar, fazendo gol, o caso do Dedé também, sendo convocado (para a seleção brasileira) e sentindo-se bem, que é o mais importante. Isso é muito gratificante para todo mundo, porque os médicos e os nossos fisioterapeutas se envolvem muito e isso é muito bom”, finalizou.

próximo artigoFeiraço já tem mais de 70% dos espaços vendidos
Artigo seguintePara Levir Culpi, melhora coletiva ajudará Ricardo Oliveira
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários