Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético

Amigo do ex-diretor executivo do Atlético, Alexandre Mattos, Rodrigo Caetano não esqueceu de citá-lo durante a entrevista de apresentação como novo dono da função no Alvinegro. Nesta sexta-feira (8), o ex “homem-forte” do Internacional, de 50 anos, foi sabatinado pela imprensa por meio remoto.

“Queria fazer um agradecimento especial ao meu amigo e colega Alexandre Mattos. Também é um desafio muito grande sucedê-lo aqui. Lembrando também que neste clube passou aquele que é uma das referências da nossa profissão”, destacou Caetano;

Ao explicar como aconteceu o processo até a batida do martelo com o o novo clube, Rodrigo Caetano, mais uma vez, citou o nome de Mattos. Ele revelou que duas ligações foram feitas ao amigo e ex-diretor atleticano, que ocupou o cargo de 12 de março até a última segunda-feira (5).

“As coisas aconteceram muito rapidamente, desde a minha saída do Internacional no dia 31 de dezembro. Porém, ainda com a minha família no Rio de Janeiro, recebi um convite, na segunda-feira, para que pudesse vir a BH para me reunir com o presidente e o órgão colegiado que hoje apoia o clube. De pronto, fiz o contato com o meu amigo Alexandre (Mattos), que havia se desligado do clube. Após a reunião”, comentou Caetano.

“Hoje, o momento do meu trabalho não poderia ser diferente. Estou numa imersão de muitas informações. Chegar num grande clube, preciso das informações. E é isso que tenho feito desde que cheguei na parte administrativa. Atrapalhar o mínimo possível, porque o Galo está na disputa do Campeonato Brasileiro. É o momento detalvez de forma islenciosa planejar a temporada de 2021, porque essa ainda é. É pensar depois de fevereiro. Até lá, é ser colaborativo ao extremo”, finalizou.

próximo artigoApós fracassos em confrontos diretos, Cruzeiro encara o Sampaio com outro viés na Série B
Artigo seguinteAmérica treina nesta sexta e está pronto para a decisão por vaga na Série A