“Folga” no calendário será possível especialmente por conta da eliminação precoce na Copa do Brasil e a não classificação para uma competição internacional na atual temporada

Este ano promete ser menos intenso para o América em relação ao anterior. Com 11 partidas disputadas até agora, o time de Cauan de Almeida só tem no calendário a previsão de realizar, até o fim de 2024, os 38 jogos do Campeonato Brasileiro Série B, totalizando 49 confrontos.

Números que apontam uma sequência mais tranquila do que a dos três últimos anos que os americanos disputaram a primeira divisão, por exemplo.

Essa “folga” será possível especialmente por conta da eliminação precoce na Copa do Brasil e da não classificação para um torneio internacional na atual temporada. No ano passado, o América atingiu a marca de 70 jogos, sendo oito pela Copa do Brasil e 12 pela Copa Sul-Americana.

“Infelizmente, nós vamos ter um mês sem jogos. Infelizmente! Eu falo isso porque a gente gostaria muito de estar na final (do Mineiro). Mas é o tempo suficiente para a gente corrigir e pontuar algumas coisas dentro do nosso modelo de jogo”, lamentou o técnico alviverde, Cauan de Almeida.

Intertemporada
Com a queda na semifinal do Mineiro para o Atlético e a Data Fifa antes do início da Série B, o Coelho terá um intervalo de pouco mais de um mês até o próximo confronto oficial.

A primeira rodada da Série B está prevista para o fim de semana de 20 de abril, quando os americanos encaram o Botafogo-SP, fora de casa. A próxima partida do América como mandante será contra o Novorizontino, pela segunda rodada, no fim de semana do dia 27 de abril.

“O tempo de treino que o calendário da CBF nos coloca, na minha opinião, claro, é um pouco desgastante. Mas entendemos esse tempo também, procuramos ter empatia com o calendário e tentamos aproveitar o máximo do tempo possível”, completou Cauan.

Número de jogos do América nos três anos de Série A
2021: 64 jogos (38 pelo Brasileirão, 15 pelo Mineiro, 4 pela Copa do Brasil, e 7 pela Série B de 2020, que terminou no ano seguinte devido à pandemia)

2022: 67 jogos (38 pelo Brasileirão, 13 pelo Mineiro, 6 pela Copa do Brasil, 10 pela Libertadores)

2023: 70 jogos (38 pelo Brasileirão, 12 pelo Mineiro, 8 pela Copa do Brasil, 12 pela Sul-Americana)

próximo artigoVale é alvo de ação na Holanda por tragédia de Mariana e pode perder a Samarco
Artigo seguinteMarlon renova contrato com o Cruzeiro e põe fim à ‘novela’

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here