Equador foi eliminado da Copa América pela Argentina nos pênaltis; titular nos jogos de sua seleção, Alan Franco está liberado para retornar ao Atlético

O ‘secador’ ligado pela torcida do Atlético fez efeito e o time pode ter mais um reforço para o duelo contra o Botafogo, domingo (7), no estádio Nilton Santos, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro: o volante Alan Franco, que serviu a seleção equatoriana na Copa América.Em duelo emocionante na noite desta quinta-feira (4), o Equador acabou eliminado da competição pela Argentina nos pênaltis (4 a 2) após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. Com isso, Alan Franco está liberado para retornar ao Atlético.

O volante do Galo foi titular nas quatro partidas do Equador na Copa América: derrota para Venezuela (2 a 1), vitória sobre a Jamaica (3 a 1) e empates com México (0 a 0) e agora com a Argentina.

E no duelo com a equipe de Messi, Alan Franco teve boa atuação. Ele, inclusive, teve participação em um lance decisivo que resultou em pênalti para o Equador. Na cobrança, Enner Valencia acabou desperdiçando, acertando a trave.

Alan Franco ficou em campo diante da Argentina até 42 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Caicedo.

Nas redes sociais, torcedores do Atlético celebraram o retorno de Alan Franco. Ao lado de Otávio, o equatoriano vinha tendo boas atuações no meio-campo alvinegro, dando mais segurança ao setor defensivo. Sem eles, o desempenho da equipe despencou.

Segundo reforço

Na última rodada do Brasileiro, diante do Flamengo, na Arena MRV, o Atlético já pode contar com o atacante Eduardo Vargas, que retornou ao clube após a seleção chilena ser eliminada ainda na primeira fase da Copa América.

Vargas começou no banco de reservas e foi acionado pelo técnico Gabriel Milito na volta do segundo tempo e teve boa movimentação, sofrendo inclusive o pênalti que resultou no primeiro gol do Atlético na partida.

próximo artigoCom Lucas Silva, Romero e Ramiro titulares, Cruzeiro tem aproveitamento de 38%
Artigo seguinteInfoGripe destaca alta incidência e mortalidade de VSR em crianças
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários