Coronavírus derruba produção industrial da China em 13,5%

    A produção industrial da China caiu 13,5% em termos anuais nos primeiros dois meses de 2020. O resultado sofre impacto do surto do novo coronavírus, que interrompeu as atividades fabris e as cadeias de suprimentos, segundo dados do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE).

    A produção da indústria de manufatura registrou queda de 15,7%, segundo informações da agência Xiunha. A produção e o abastecimento de energia elétrica, energia térmica, gás e água caíram 7,1%, na comparação anual. A mineração caiu 6,5%.

    Segundo o DNE, a epidemia causou choques relativamente grandes nas atividades econômicas, mas a expectativa é de que os impactos sejam relativamente “de curto prazo, externos e controláveis”, segundo a Xiunha.