Ex-diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP) foi indicada por Lula para assumir a estatal

O comitê de pessoas da Petrobras aprovou o currículo de Magda Chambriard, que deve ser confirmada como nova presidente da estatal na sexta-feira, dia 24. Chambriard, ex-diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), traz uma vasta experiência ao cargo e enfrenta desafios significativos pela frente.

Segundo Eric Gil Dantas, economista do Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Sociais (Ibeps), “A Magda Chambriard assume a direção da Petrobras com desafios muito parecidos com os quais Prates chegou à estatal no ano passado, retomada de investimentos em refino, fertilizantes, margem equatorial, transição energética e indústria naval.”

Dantas ressaltou que a principal orientação da nova gestão será a intensidade nos investimentos. “A questão que levou o presidente Lula a demitir Prates é o que deve nortear a gestão de Chambriard, intensidade. Lula e Silveira não estavam satisfeitos com a velocidade que Prates engatou nesses projetos, e esse deve ser o mote para a Magda. Dar continuidade a todos esses investimentos, mas com mais celeridade e mais dinheiro.”

Sobre a política de dividendos, Dantas comentou: “Não acho que vá mudar a política atual. Acho que vai haver mudança no pagamento de dividendos extraordinários. A política atual é a de pagar 45% do fluxo de caixa livre, mas houve divergência nos pagamentos extraordinários, que superam essa fórmula.” A expectativa é que Chambriard impulsione os projetos estratégicos da Petrobras com maior rapidez e eficiência, alinhando-se aos objetivos do governo de fortalecer a empresa como um pilar do desenvolvimento econômico e tecnológico do país.

próximo artigoINSS começa a pagar décimo terceiro antecipado nesta sexta; veja calendário
Artigo seguinteCruzeiro tem mudança na diretoria, e amigo de Ronaldo deixa o clube

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here