Bolsas de NY monitoram relatório de emprego dos EUA e fecham em alta

    Foto: Reprodução
    Os mercados acionários americanos encerraram o pregão desta sexta-feira, 3, em alta, apoiados pelo relatório mensal de emprego (payroll) dos Estados Unidos, que mostrou resultados abaixo do esperado por analistas. Além disso, a safra positiva de balanços continuou no foco dos investidores.

    O índice Dow Jones fechou em alta de 0,54%, aos 25.462,58 pontos; o S&P 500 avançou 0,46%, aos 2.840,35 pontos; e o Nasdaq subiu 0,12%, aos 7.812,01 pontos. Na semana, o Dow Jones caiu 0,10%, mas o S&P 500 e o Nasdaq encerraram com ganho de 0,56% e de 0,73%, respectivamente.

    O Departamento do Trabalho americano informou, durante a manhã, que a economia dos EUA gerou 157 mil postos de trabalho em julho, em um resultado abaixo do esperado por analistas consultados pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que apontavam para criação de 193 mil vagas. A taxa de desemprego, por sua vez, recuou de 4,0% para 3,9%, como previsto. No entanto, o salário médio por hora também desapontou as projeções, ao subir 0,26%, enquanto analistas esperavam avanço de 0,3%.

    Com os dados abaixo do esperado, principalmente o indicador de salários, os investidores voltaram às compras de ações, tendo em vista que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) não deve acelerar o ritmo de elevação das taxas de juros, continuando com o atual entendimento à medida que o mercado de trabalho continua saudável.

    Fortes dados econômicos e balanços corporativos ajudaram a manter os investidores relativamente otimistas nos últimos meses, mesmo depois que as tensões comerciais aumentaram. Depois de informar números acima do esperado em lucro e receita, a Apple se tornou a primeira empresa americana a superar a marca de US$ 1 trilhão em valor de mercado. Nesta sexta-feira, a empresa comandada por Tim Cook viu sua ação subir ainda mais e fechar em alta de 0,29%.

    “O que podemos negociar é o lucro e a atual temporada de balanços tem sido boa”, comentou o estrategista-chefe de mercados da TD Ameritrade, JJ Kinahan. “Até que tenhamos provas de que alguma outra coisa esteja acontecendo, devemos continuar com esse pensamento”, apontou. Fonte: Dow Jones Newswires.