PL que torna atividades educacionais em serviços essenciais tem 1ª votação adiada

O Projeto de Lei de autoria do vereador Ney Professor, entrou em pauta nesta terça-feira (20) na Câmara Municipal de Ipatinga. Caso seja aprovado o PL torna as atividades educacionais de qualquer natureza em serviços essenciais. A vereadora Cida Lima e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SINDUTE), não apoiam o PL.

Devido um pedido de visto da vereadora Cida Lima, o PL não entrou em discussão e votação e a parlamentar terá 24h para representar os argumentos.

Assista à reportagem e saiba mais!