Mais 622.590 doses de vacinas contra a covid vão reforçar vacinação de grupos prioritários em Minas

foto: Agência Minas

Imunizantes da Pfizer e da AstraZeneca chegam para dar continuidade à estratégia vacinal junto aos mineiros

O Estado recebe, nesta quarta-feira (26), mais uma remessa de vacinas contra a covid-19. Este é o 21º lote contendo 622.590 doses, sendo 561.750 da AstraZeneca e 60.840 da Pfizer. Esta é a maior operação de vacinação da história de Minas Gerais.

Os imunizantes desembarcaram no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, em dois momentos. Por volta das 7h15, chegaram as doses da AstraZeneca e, às 14h30, foi a vez da remessa da Pfizer. Do aeroporto, as vacinas foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), de onde serão distribuídas às 28 Unidades Regionais de Saúde (URSs). A logística de distribuição será divulgada em breve.

Público-alvo

As 561.750 doses da AstraZeneca serão destinadas ao início e à continuação do esquema vacinal dos grupos prioritários. Elas serão utilizadas para começar a vacinação dos trabalhadores de transporte aéreo e portuário, alén de garantir a continuidade da imunização de pessoas com comorbidades e dos trabalhadores das Forças de Segurança e Salvamento.

Já as 60.840 doses da Pfizer darão sequência à vacinação de grávidas, mulheres que acabaram de dar à luz, público com comorbidades e também com deficiência permanente.

 

próximo artigoLibertadores: de olho na Bombonera, Santos decide futuro no Equador
Artigo seguinteCCJ da Câmara aprova criação do Cadastro Nacional da Persecução Penal