Discurso preconceituoso de vereador de Timóteo repercute e OAB publica nota de repúdio

Nesta semana, a Câmara de vereadores de Timóteo atraiu os olhares dos eleitores da cidade e também dos internautas por conta da forma preconceituosa a que um vereador se referiu às mulheres vítimas de violência doméstica. O fato ocorreu durante a votação do projeto de lei que visa garantir o direito de preferência das mulheres vítimas de violência doméstica à matrícula e à transferência dos filhos, nas escolas da rede municipal. Em seu discurso, o vereador Gualberto, do PSC, se referiu às vítimas como “mulher de malandro”. A OBA de Timóteo emitiu uma nota de repúdio e pediu retratação do vereador. Nessa quinta-feira (08), ele publicou um vídeo nas redes sociais e pediu desculpas. Acompanhe o caso!